A IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO PREVENTIVA

A manutenção preventiva é um hábito muito importante para o bom funcionamento do seu veículo, além de ajudar você a economizar. Afinal, é possível antecipar problemas que podem danificar, às vezes de forma irreversível, seu carro, moto ou utilitário.

Outro motivo importante para realizar a manutenção preventiva, talvez o maior deles, é a garantia da sua segurança. Já que as falhas mecânicas são um dos grandes motivos dos acidentes causados nas estradas.

Neste artigo, separamos algumas dicas úteis do que ficar atento durante a manutenção do seu automóvel. Confira!

1. ALINHAMENTO DE DIREÇÃO (suspensão dianteira)

O desgaste do alinhamento de direção é algo que acontece de forma lenta e gradativa, por isso, é muito difícil para o condutor notar essa deterioração sozinho. É preciso ficar atento aos sinais que o veículo está passando, assim você evita futuras dores de cabeça:

– Freios

Funcionamento errado do sistema de frenagem.

– Carga Pesada

Peso da carga acima da recomendação de fábrica ou distribuído uniformemente.

– Volante Duro

Pode ser um sinal de que a direção não está alinhada.

– Performance
Teste: Na estrada, tire as mãos do volante ao andar em linha reta.
Se o carro pender para qualquer um dos lados, significa que ele está desalinhado.

2. RODÍZIO DE PNEUS

Um dos principais itens durante a manutenção preventiva, a condição dos pneus precisam ser verificada regularmente: desgaste, calibragem a cada 15 dias e altura das ranhuras. A lei exige que as ranhuras do pneu tenham pelo menos 1,6 mm de distância do piso, a fim de gerar “calhas” por onde líquidos na pista possam escoar.

Também é preciso verificar se existem pedras, saibro, pregos ou parafusos nos pneus, ou se eles perderam pressão no processo.

3. ÓLEO

Manter a troca do óleo sempre em dia é essencial para a saúde do automóvel. Ele é responsável por lubrificar e tirar as impurezas do motor do seu carro. Para realizar a verificação do óleo, siga o passo a passo do Doutor Multas:
– Antes de tudo, é necessário que o motor esteja desligado há, pelo menos, cinco minutos, para que todo o óleo desça ao seu compartimento.

– Para verificar, será necessário uma flanela ou papel higiênico. Retire a vareta de medição do óleo e limpe-a com a flanela ou papel. Recoloque-a no seu compartimento e espere dez segundos.

– Retire novamente a vareta e, dessa vez, veja se o óleo está entre as duas marcas na ponta da vareta. Caso esteja acima da segunda marca, significa que há óleo demais e será necessário drenar um pouco, fazendo a chamada “sangria”.

– Caso esteja abaixo da primeira marca, significa que está faltando óleo no seu carro e é necessário repor.

E claro, de nada adianta realizar a manutenção preventiva, sem garantir a proteção do seu carro. A Awa tem planos que cabem no seu bolso, com uma Assistência 24h pronta para atender você quando e onde precisar.

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA COTAÇÃO.

Fonte: Doutor Multas
https://doutormultas.com.br/manutencao-preventiva/